Nova CG 125i Fan ganha injeção eletrônica e aposenta carburador

Com isso, novo modelo atende a nova fase do PROMOT 4 e se aproxima das CGs mais caras com novo tanque de combustível, tampa esportiva, escape redimensionado e um novo conjunto de pedaleiras




A Honda anunciou que o modelo CG 125i Fan passa a contar agora com injeção eletrônica de combustível no lugar do carburador para atender às novas leis de emissão de poluentes – segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares). Com vendas a partir de fevereiro, a nova CG de entrada custa R$ 6.790 (contra R$ 6.088 da antiga carburada) e será vendida nas cores preta e vermelha.

O motor monocilíndrico OHC (comando simples), agora injetado, de 124,7 cm³ arrefecido a ar entrega 11,8 cv a 8.500 rpm e 1,06 kgfm de torque a 5.000 rpm (ganho de 0,2 cv em relação ao anterior). Movida somente a gasolina, a nova CG 125i tem partida a pedal e câmbio de cinco marchas, com transmissão final por corrente. Visualmente, a 125 se aproxima das CGs mais caras com novo tanque de combustível, tampa esportiva, escape redimensionado e um novo conjunto de pedaleiras.

A CG 125i Fan é fabricada em Manaus (AM) e oferece garantia de três anos sem limite de quilometragem, com fornecimento gratuito de óleo em sete revisões segundo a Honda. 

 

Fonte: revistaduasrodas.com.br